8 Motivos porque revistas digitais, apenas, no formato PDF não funcionam

Muitas empresas tem seus negócios baseadas em Revistas Digitais, mas muitas dessas revistas estão no formato PDF. As revistas digitais no formato PDF, parecem ter muitas vantagens, mas isso é uma grande ilusão. As revistas no formato PDF, são econômicas no processo de produção, mas são um tiro no pé quando o assunto é negócio.

Saiba agora 8 motivos para você não fazer Revistas Digitais no formato PDF

1 As revistas digitais no formato PDF não são revistas, são apenas arquivos digitais. Estes arquivos não funcionam como revistas.

2 As revistas no formato PDF, não indexam no Google. Isso prejudica muito na propagação da revista na web, na obtenção de novos leitores e na remuneração de anúncios digitais.

3 Ler revistas no formato PDF, não é a melhor experiência para o consumo de conteúdo. Por este e outros motivos, os leitores não se interessam por revistas digitais no formato PDF.

4 Os recursos interativos no formato PDF, são poucos ou quase inexistentes.  A limitação de interatividade, atrapalham o enriquecimento do conteúdo.

5 Nas Revistas Digitais com formato PDF, o design é preservado em relação a sua versão impressa, mas isso não ajuda muito.  Nos dispositivos móveis, o design fica estático e irrelevante.

6 Com revistas no formato PDF, você economiza na produção, mas não ganha dinheiro. O formato PDF em revistas digitais, não ajudam a gerar negócios online.

7 Não se iluda com os efeitos de páginas virando, eles tem pouca relevância, não servem para nada, são enfeites e estão obsoletos.

8 As revistas no formato PDF, não se adaptam aos dispositivos móveis (tablets e smartphones) e causam uma experiência de leitura muito ruim.

Quer conhecer um modelo mais flexível? Compatível com conteúdo responsivo (layout fluido) e publicações interativas em HTML5 produzidas no InDesign (layout Fixo).

Assista a edição do DualpixelClass Live – Layout Fluido ou Fixo – Qual escolher? e aprenda sobre as novas possibilidades do mercado para distribuição digital, bem como uma análise sobre a solução das duas principais editoras do país – editora Globo, com o app Globo + e a editora Abril, com o app GoRead.

COMPARTILHAR:
, ,

Felipe Santos

Especialista Adobe em InDesign, Photoshop e Digital Publishing Suite, com 25 anos de experiência nas áreas de pré-impressão, editoração e tratamento de imagens, transita desde 2010, após o lançamento do iPad, entre as midias impressa e digital. Apaixonado por publicações digitais é entusiasta de novas ferramentas, plataformas e formatos.

Deixe uma resposta