CC Library no InDesign – integração com Photoshop, Illustrator e Apps

CC Library no InDesign – integração com Photoshop, Illustrator e Apps

Já estamos em 2015, mas a primeira atualização do InDesign, neste ano, mantém o nome de InDesign CC 2014.2. Teremos que esperar um pouco mais pela atualização CC 2015, o que sugere mais novidades e recursos. Quem é usuário da plataforma Adobe DPS sabe do anúncio da nova versão – leia mais aqui, é possível que o InDesign receba uma “repaginada” neste mesmo período.

Screenshot 2015-03-13 17.10.22

CC Library Panel

A principal mudança na versão 2014.2 está na inclusão do painel Library, integrado ao Creative Cloud, que permite a troca de gráficos, cores, formatações de texto entre usuários do CC. Tal recurso está presente no Photoshop e Illustrator desde a versão CC 2014, bem como em alguns apps da Adobe, como o Brush CC, Color CC e Shape CC, e agora o InDesign faz parte da turma também. Se você é assinante do Creative Cloud assista essa serie de vídeos sobre os recursos da plataforma, entre eles o Library.

Diferente do Photoshop e Illustrator, no InDesign você identifica o painel como CC Libraries (CC Bibliotecas), numa ação clara para diferenciar da tradicional função Library, do Menu File > New. É possível migrar elementos do InDesign Library para CC Library.

 library-migrate   Screenshot 2015-03-13 16.34.16  

Quando migrar objetos do InDesign Library para o CC Library pode-se escolher criar uma nova biblioteca o utilizar uma já existente (figura à esquerda). O conceito das CC Libraries é facilitar a troca de objetos de layout entre usuários e softwares do Creative Cloud. As libraries são armazenadas online e podem ser gerenciadas via o painel de controle do CC (figura à direita). Mas há uma cópia local armazenada, o que te permite acesso as Libraries mesmo sem conexão a internet.

Outro recurso interessante integrado as Libraries são os Assets (Ativos), uma galeria de imagens e vetores disponíveis para uso, via o painel de gerenciamento do CC. É possível baixar imagens do Assets diretamente para uma Library, bem prático!

Screenshot 2015-03-13 16.28.36

CC Libraries lidam com três tipos de elementos – objetos, cores e textos. Vamos entender como cada elemento é tratado.

  • OBJETOS – semelhante a InDesign Library, basta a ação de arrastar e soltar sobre o painel para acrescentar o objeto, ou com o mesmo selecionado, clique no ícone de gráfico na parte inferior do painel. Toda vez que um objeto é adicionado, a Library automaticamente realiza a sincronização com CC, disponibilizando o objeto para todos os aplicativos compatíveis.
  • CORES – é possível adicionar cores de preenchimento e contorno dos objetos e textos, selecione o elemento desejado e clique nas opções no rodapé do painel – Add Fill Color ou Add Stroke Color.
  • TEXTOS – selecione a caixa de texto ou o texto diretamente com a ferramenta de Texto e clique no ícone T no rodapé do painel. Aqui é importante dizer que os estilos de parágrafo e caractere não são armazenados na Library. Trata-se de uma coleção de atributos aplicados no texto, como tipo de fonte, tamanho do corpo, cor, entrelinha. Funciona bem entre arquivos de InDesign, mas ao abrir uma vinheta de texto, do InDesign, no Photoshop é possível que alguns atributos se percam.

Espero que nas próximas versões a função de vincular objetos e estilos de parágrafo e caractere esteja disponível, assim poderíamos atualizar arquivos de InDesign com a edição direta de objetos da library. Mas sem dúvida que esse painel presente no Photoshop, Illustrator, InDesign, Creative Cloud online, Apps cria uma rede de troca de objetos sem comparação.

Outras novidades

Tabelas

A criação de tabelas agora dispensa o uso de caixas de texto. Apenas com o cursor de texto posicionado na página acesse o menu Table > Create Table e o painel para configurar a tabela surge. Para os mais puritanos o modo tradicional com caixa de texto continua valendo.

 Recorda camadas para grupos

Excelente recurso! Podemos agrupar objetos de camadas diferentes. Até então a ação de agrupar objetos presentes em camadas diferentes resultava em reuni-los na camada mais alta da pilha. Bem, até aqui continua igual. A diferença está na nova opção do painel Layer > Ungroup Remembers Layers. Quando o grupo de objetos for desagrupado cada um volta para a sua camada de origem!

 Imprimir a página visível

Outro daqueles recursos que salvam nossos dias. Finalmente podemos selecionar uma ou um conjunto de páginas no InDesign, via painel Páginas, por exemplo e marcar para imprimir apenas as páginas selecionadas, como precisei desse simples recurso! O comando Print tem a opção Current Page, que identifica a(s) página(s) para impressão.
Nos dias atuais com publicações digitais e alternate layouts é um recurso muito bem vindo. A identificação da página segue o padrão, <Nome do Layout>:<Número da página>

COMPARTILHAR:
, , ,

Felipe Santos

Especialista Adobe em InDesign, Photoshop e Digital Publishing Suite, com 25 anos de experiência nas áreas de pré-impressão, editoração e tratamento de imagens, transita desde 2010, após o lançamento do iPad, entre as midias impressa e digital. Apaixonado por publicações digitais é entusiasta de novas ferramentas, plataformas e formatos.

Deixe uma resposta