Computação na nuvem

Computação na nuvem e as empresas brasileiras

O uso de tablets e smartphones no ambiente de trabalho já se tornou comum entre os brasileiros. Dados da pesquisa Avanade, realizada pela Wakefield Research no final do ano de 2012, mostrou que 67% das empresas brasileiras afirmaram que a maioria de seus funcionários usam dispositivos móveis para suas funções de trabalho.

Hamilton Berteli, Chief Technology Officer (CTO) da Avanade Brasil, informou que os tablets tornaram-se relevantes e integrados ao local de trabalho, desde que se popularizaram e, com isso, as empresas estão reconhecendo o valor de negócio que os dispositivos móveis podem oferecer, criando soluções e possibilitando o acesso aos sistemas de negócio. “Para tirar proveito do valor que a mobilidade traz aos funcionários e clientes, as empresas estão redesenhando a estrutura de seus negócios,” declara.

O armazenamento de dados em dispositivos móveis cresce no país

Agora, a Symantec lançou na América Latina seu primeiro Índice de Informações Digitais para demonstrar o impacto significativo que a computação na nuvem e a mobilidade estão tendo sobre as empresas atualmente.

Segundo a pesquisa, mais de 20% das empresas brasileiras armazenam todos os seus dados em tablets e smartphones e 42% acessam as informações via dispositivos móveis. Outra descoberta interessante da Symantec é que as pequenas e médias empresas superam as grandes nas informações armazenadas fora de seus firewalls, considerando os laptops.

No Brasil, a metade (50%) das informações de uma organização está sendo armazenada fora de seu próprio datacenter. Porém, mais de um terço das empresas entrevistadas ressaltaram seus medos quanto à exposição de dados confidenciais como resultado de perda ou roubo de tablets e smartphones.

Mas, ninguém contesta que as tecnologias modernas e a dispersão dos dados apresentam inúmeros benefícios. As vantagens em termos de custo e agilidade estão levando a um uso significativo da computação na nuvem para o armazenamento de informações corporativas. Globalmente, quase um quarto (23%) dos dados de negócios está na nuvem, dividido em implantações públicas, privadas e híbridas.

 

COMPARTILHAR:
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Redação Dualpixel

Monitoramos o que há de mais relevante sobre midia impressa e digital para te manter informado.

Deixe uma resposta