DRM-Hollywood

DRM e o futuro do W3C

DRM e o futuro do W3C

Coincidência ou não, voltamos a falar do DRM. Em nosso último post, mostramos como o DRM tem prejudicado os grandes defensores dessa tecnologia no mundo dos ebooks: os próprios escritores. Agora é a vez da web! E as notícias não são boas.

No início deste mês, Tim Berners-Lee, diretor da principal organização de padronização do World Wide Web, o consórcio W3C, anunciou que a “reprodução de conteúdo protegido” estava no escopo da nova carta do Grupo W3C HTML Working Group’s.

Parece que Tim comprou a mentira que Hollywood vai abandonar a Web e mudar para outro lugar se ela não for redesenhada de acordo com seu esquema de lucro máximo, pois essa semana foi confirmado que o W3C está indo adiante com seu plano para adicionar DRM para HTML5.

Danny O’Brien, da Electronic Frontier Foundation (EFF), diz que ao aprovar essa ideia, o W3C cedeu o controle do “user agent” –  termo usado para um navegador da Web em linguagem W3C – para o distribuidor de conteúdo. “Estamos profundamente desapontados. Isso quebra a garantia de quem terá a palavra final no controle da Web”.

A EFF acredita que é um passo perigoso para uma organização que é vista por muitos como o guardião da Web aberta. “Temos argumentado muitas vezes sobre isso com o próprio Tim Berners-Lee, com os membros da equipe e, junto com outros participantes do W3C”, afirma O’Brien.

Já imaginou uma Web onde você não possa cortar e colar textos, onde o navegador não permita dar “Salvar como” uma imagem ou qualquer outro arquivo, onde o uso dos arquivos salvos é monitorado além do navegador, onde o JavaScript é selado em túmulos opacos, e talvez até mesmo onde não possamos mais efetivamente “exibir código fonte” em alguns sites? É uma Web muito diferente da que temos hoje. É uma Web onde o usuário deverá navegar em um ninho de obrigações impostas cada vez que visitar uma página.

O W3C está em uma posição nada invejável. Ela pode aprofundar seus esforços para os objetivos de uma minoria privilegiada, como Hollywood, ou pode focar em seu princípio de que os usuários são os verdadeiros agentes da Web, bem como o princípio de que toda a informação necessária para interoperar com um padrão deve ser aberta a todos os implementadores potenciais. A grande questão é que a W3C já aceitou a exigência do DRM para Web!

 

Assine nosso informativo e receba notícias sobre cursos, promoções e artigos especiais da dualpixel

COMPARTILHAR:
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

Redação Dualpixel

Monitoramos o que há de mais relevante sobre midia impressa e digital para te manter informado.

Deixe uma resposta