InDesign CC 2020 – O próximo patamar em design de layouts.

Já desejou as boas-vindas a nova versão do InDesign? Há duas semanas a Adobe liberou o pacote de atualização CC 2020 e o InDesign, claro, não ficou de fora.

Como fizemos no InDesign CC 2019 confira um dossiê sobre todas as melhorias e novos recursos do software mais amado para layout de página impressa e digital!

Principais novidades do InDesign CC 2020

  • Regras de Coluna (ou Fios se preferir)
  • Fontes Variáveis
  • Importação de SVG
  • Atalhos convencionais para estilos de parágrafo e caractere
  • Bye bye Flash
  • Melhor performance
  • Pequenas melhorias (nem sempre) que amamos!

Confira os recursos acima, demonstrados na prática nesta edição da Live no YouTube

Regras de Coluna

Column Rules (a tradução literal para português nem sempre funciona – rules = regras 😊)

Mas, o recurso é especialmente útil quando quando há várias colunas muito próximas. Além da parte visual, também pode afetar a legibilidade, pois a leitura pode facilmente mudar da coluna atual para a próxima. Ao adicionar fios, aplicamos um limite visual entre essas colunas.

Bem, até agora, tal recurso era possível apenas por scripts, como o Vertical rule between columns, desenvolvido por Luis Corullon, jornalista, designer e instrutor da Dualpixel Academy, no curso InDesign CC – Grep e Scripts.

Agora, o InDesign 2020 permite esse recurso direto pelo painel Text Frame Options, do menu Objects. E claro, também, pode ser aplicado via estilo de objeto.

Fontes Variáveis

Talvez você esteja se perguntando. O que são fontes variáveis? Em resumo, são fontes no formato OpenType, que possuem no mesmo arquivo vários estilos disponíveis para personalização da espessura, largura e inclinação do tipo.

Trata-se de um nível de customização bem mais elevado, no qual designers tem total liberdade para definir a característica desejada do estilo tipográfico.

O InDesign, apesar de lidar diretamente com o texto, foi o último da tríade Adobe a receber tal recurso – Photoshop e Illustrator já possuem desde a versão CC 2018.

Enfim, agora temos fontes variáveis no InDesign!!!

As opções de ajustes para espessura (weight), largura (width) e inclinação (slant) nem sempre estarão disponíveis juntas numa mesma fonte variável (pode variar, entendeu rs).

Os atributos são gerenciados diretamente via painel de Controle disponível quando ativamos uma fonte variável.

Podemos guardar os valores usados via painel Estilos de Caractere e Parágrafo. Muito prático!

Importação de SVG

Finalmente, você pode importar arquivos no formato SVG. Acrônimo de Scalable Vector Graphics – arquivos SVG tem a capacidade de manter os elementos vetoriais, semelhante ao seu contratipo EPS.

Em versões anteriores era necessário ou converter em PNG ou incorporá-los via código pelo comando do menu Object > Insert HTML. Confira como fazer neste vídeo DualpixelClass #31 – InDesign & SVG

Agora podemos incluir artes salvas do Illustrator via CC Library diretamente no InDesign em formato SVG. Compatível, essencialmente, com os formatos HTML, ePUB e Publish Online.

Contudo, ainda não é possível exportar em SVG ☹

Atalhos convencionais para estilos de parágrafo e caractere

Nesta atualização a Adobe responde um antigo pedido dos usuários, sobre permitir aplicar atalhos aos estilos sem a necessidade do teclado numérico! Por mais incrível que se pareça para aplicar atalhos aos estilos – recurso de alta produtividade – estávamos presos ao teclados de desktop, com área numérica. Assim, todos os notebooks estavam de fora, e até os mais recentes teclados da Apple.

Caso, o atalho escolhido já estiver em uso, um aviso será exibido para confirmar a substituição ou a escolha de outra combinação.

Bye bye Flash

A última pá de cal foi colocada na tecnologia Flash. A partir desta versão formatos como .FLV, .F4V e .SWF deixam de ser exportados ou importados do InDesign. Foco no HTML5!

Melhor performance

Tchau CC 2019! Há tempos não via uma versão tão instável. Acredito e espero que tenhamos uma relação mais consistente no uso diário do InDesign, em relação a manipulação com texto e performance geral.

Bem, o desempenho melhorou, sem dúvida, vamos acompanhar no decorrer dos projetos.

Agora posso atualizar o meu MacBook para o Catalina (macOS 10.15), outra atualização conturbada da Apple. As versões mínimas para PC continua Windows 7 (64 bits) com Service Pack 1 ou Windows 10 (64 bits) e no macOS 10.13 (High Sierra).

Pequenas melhorias (nem sempre) que amamos!

Acima destaquei os principais recursos e novidades do CC 2020, mas como toda atualização, sempre há aqueles detalhes e melhorias, que dependendo do perfil do usuário, podem ser mais ou menos úteis.

Confira o link para a página da Adobe em português para cada recurso

Verificação ortográfica reversa

Mesclagem de dados

Botão Home

Pesquisar imagens semelhantes


InDesign User Voice

Nas última atualizações tenho notado a adoção de cada vez maior pela Adobe das sugestões aplicadas e votadas no canal – indesign.uservoice.com.

Participe você, também, crie um tópico sobre um novo recurso ou melhoria, talvez ele esteja presente em nosso próxima artigo sobre o InDesign CC 2021!


Quer Aprender mais sobre InDesign?

Aprenda ou melhore seu conhecimento sobre InDesign, com 6 cursos diferentes sobre o nosso software preferido. Do iniciante ao avançado escolha aquele que mais se adequa ao seu perfil e necessidade de aprendizado.

COMPARTILHAR:
, ,

Felipe Santos

Especialista Adobe em InDesign, Photoshop e Digital Publishing Suite, com 25 anos de experiência nas áreas de pré-impressão, editoração e tratamento de imagens, transita desde 2010, após o lançamento do iPad, entre as midias impressa e digital. Apaixonado por publicações digitais é entusiasta de novas ferramentas, plataformas e formatos.

Deixe uma resposta