Atualizações: dá para confiar?

Dizem por aí que a informática surgiu para acabar com todos os problemas da humanidade que surgiram com o advento da informática. Fato: não existe vida digital sem a praga dos bugs. E as atualizações estão aí para salvar os próprios usuários das pedras que inevitavelmente surgem no meio do caminho. O problema é quando as empresas demoram para corrigir os erros – ou pior ainda: quando o que era para consertar acaba piorando as coisas.

Foi mais ou menos o que aconteceu com o iOS 6 da Apple, liberado para iPhones 3GS, 4, 4S, iPad 2, novo iPad e iPod Touch de quarta geração. Com ele, você não pode usar mais o Google Maps para acompanhar o trânsito, por exemplo. É obrigado a utilizar um aplicativo da própria Apple, que além de tudo, simplesmente, não tem mapas do trânsito no Brasil. O Apple Maps, como vem sendo chamado, já virou até piada: mesmo nos mapas existentes, há imagens cobertas por nuvens, fazendas identificadas como aeroporto e até um museu dentro de um rio. A Google promete ajudar a Apple com uma atualização até o Natal. À conferir.

Por enquanto, as mudanças são muito sutis para valerem a pena. Há, por exemplo, alteração da fonte no aplicativo de previsão do tempo; mudança de cor no teclado numérico; publicação no Facebook direto do aplicativo de fotos; além de mudanças que já fazem parte dos fãs de Google, como continuar navegando nas mesmas abas de onde parou, ou as caixas VIPs no e-mail. Mas tem também um App novo interessante: o Passbook, que armazena cartões de embarque, tíquetes, cupons de promoções, cartões de loja, e por aí vai. Existe também uma nova aba, “Privacidade”, por meio da qual você escolhe o que quer ou não compartilhar com os amigos.

Mas os usuários de iPhone não devem ficar tristes: pior seria se fossem reféns proprietários de um Samsung Galaxy. A atualização para o cobiçado Samsung Galaxy Ice Cream é feita a conta gotas desde julho. A atualização começou pelo Canadá, e a promessa é de que os outros países – Brasil, inclusive – seriam brindados em seguida, o que até hoje não aconteceu.

Fica aí uma importante questão a ser levada em conta para quem está em dúvida em adquirir um modelo ou outro. A atualização está prometida para o Galaxy Tab 7.0 Plus, Tab 7.7, 8.9 e 10.1. A Samsung já anunciou que não dará suporte ao primeiro Galaxy Tab 7. Simples assim.

COMPARTILHAR:
, , , , , , , , , , , , , , , ,

Redação Dualpixel

Monitoramos o que há de mais relevante sobre midia impressa e digital para te manter informado.

Deixe uma resposta